Grupo Hospitalar Conceição
Linhas de Cuidado

As Linhas de Cuidado adotadas nos hospitais no GHC so um modelo de organizao dos processos de trabalho baseado no atendimento integral e humanizado aos usurios do SUS. Com esse moldelo de atendimento, a pessoa eixo central da ateno sade. Isso implica trabalho em equipe, continuidade no cuidado, acolhimento, vnculo, responsabilizao e resolutividade.

Linha de Cuidado Me-beb do HNSC
Respeitando os princpios da humanizao e da integralidade da ateno, a Linha de Cuidado Me-Beb (LCMB) promove uma ao articulada e solidria com a rede de sade do municpio de Porto Alegre. assegurado gestante que realizou o pr-natal em qualquer dos 43 postos de sade referenciados o atendimento para o parto, a assistncia no ps-parto e o encaminhamento, aps alta hospitalar, para a continuidade dos cuidados na unidade de sade mais prxima de sua residncia. Oportuniza-se a visita da gestante maternidade, para conhecer o local e rotinas da assistncia. Esta visita no necessita de agendamento, e pode ser realizada a qualquer hora do dia. Ao valorizar a importncia do apoio familiar, a LCMB incentiva a presena de um acompanhante de escolha da parturiente durante o processo de parto e nascimento. So oferecidas medidas no farmacolgicas para o alvio da dor e a analgesia de parto, trabalhando constantemente na informao e conscientizao da saudvel opo pelo parto normal, com seus evidentes benefcios para me e beb. A maternidade reconhecida pela Iniciativa Hospital Amigo da Criana (IAHC), favorece o contato pele a pele entre me e bebe e a amamentao na primeira hora aps o nascimento. Tambm pratica alojamento conjunto para mes e bebs, estimulando e promovendo a amamentao exclusiva at os seis meses do lactente. O Grupo de Incentivo ao Aleitamento Materno Exclusivo (GIAME) atua desde o pr-natal ao puerprio, passando tambm pelo setor de gestao de alto risco materno-fetal, oferecendo apoio, estmulo, suporte e informao sobre o aleitamento, e ainda promovendo cursos peridicos de amamentao para sensibilizar e capacitar os profissionais da sade para esta prtica. Igualmente, as mes que estejam com dvidas/dificuldades sobre amamentao podem ligar para as unidades da LCMB e tero o apoio necessrio. Os testes do olhinho e da orelhinha so realizados em todos os recm nascidos. O teste do pezinho coletado em todos os recm nascidos que no quinto dia de vida ainda persistam no hospital. Com quadro profissional qualificado, nossa maternidade est em constante atualizao para oferecer atendimento seguro, de qualidade e humanizado aos usurios.

Linha de Cuidado de Queimados
Na Linha de Cuidado de Queimados do Hospital Cristo Redentor, as pessoas que sofrem algum tipo de queimadura, so acolhidas, tratadas e dispem de assistncia desde a sua entrada no hospital at a sua completa reintegrao na sociedade. Dispe de tecnologia avanada, buscando devolver ao paciente uma vida plena social e funcional.
A Linha de Cuidado de Queimados foi criada em dezembro de 2005 e formada por uma equipe multidisciplinar composta por mdicos clnicos, pediatras, cirurgies plsticos, anestesistas, psiquiatra, psiclogo, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, nutricionistas, terapeuta ocupacional, fisioterapeutas e assistente social. A Linha de Cuidado conta, ainda, quando necessrio, com a consultoria de mdicos de outros setores do Hospital Cristo Redentor que especializado em traumato-ortopedia.

Linha de Cuidado em Neurocirurgia
A Linha de Cuidado em Neurocirurgia do Hospital Cristo Redentor foi criada em abril de 2006 com o objetivo de atuar na recuperao e na reabilitao das pessoas sob cuidados neurocirrgicos, propiciando, por meio da atuao interdisciplinar dos profissionais da equipe, agilidade e resolutividade no tratamento e reabilitao, impactando na melhoria da qualidade de vida dos usurios.
A Linha inclui o seguinte:
-Programa de Ateno ao Paciente com Tumor Cerebral e/ou Medular;
-Programa de Ateno ao Paciente com Traumatismo Raquimedular (leso na medula espinhal);
-Programa de Ateno ao Paciente com AVE (derrame), Aneurisma e Traumatismo Crnio-enceflico(TCE);
-Programa de Ateno aos Pacientes com Doenas Neurocirrgicas de Colunas.

Linha de Cuidado da Dor Torcica
A Linha de Cuidado da Dor Torcica, do Hospital Conceio, foi implantada em outubro de 2006 para prestar um atendimento especializado e integral aos cerca de 50 pacientes que chegam Emergncia do Hospital Conceio com dor no peito, um dos principais sintomas de enfarte ou ataque do miocrdio, a doena que mais mata no mundo. Para acelerar a assistncia, foi implantado um protocolo de atendimento que busca diminuir as chances de um ataque cardaco passar despercebido. Uma vez identificado o enfarte, o sistema permite ainda uma maior rapidez no caminho a ser percorrido pelo paciente em outros setores do hospital. Alm disso, o processo libera mais rapidamente os doentes sem o risco de ataque cardaco. O pronturio eletrnico do Grupo Hospitalar Conceio armazena todos os dados relacionados dor torcica proporcionando uma continuidade especfica e um acompanhamento mais adequado. Como complemento foi lanada a cartilha Linha de cuidado: dor torcica. O folheto explicativo distribudo nas Emergncias do Grupo Hospitalar Conceio e nos postos de sade do Grupo com o objetivo de esclarecer as dvidas dos usurios com respeito as dores no peito, ataques cardacos e como, quando e onde procurar assistncia.

Linha de Cuidado do Trauma do Idoso
A Linha de Cuidado do Trauma do Idoso do Hospital Cristo Redentor comeou a funcionar em novembro de 2006 e destina-se ao atendimento integral e humanizado de pessoas com mais de 60 anos com fratura proximal do fmur (prxima bacia). Os pacientes contam com tratamento gil e acolhedor, possibilitando o rpido retorno s atividades habituais e a reintegrao famlia. O acesso a essa Linha de Cuidados pela Emergncia do Hospital Cristo Redentor, ou por transferncias de outros hospitais do Estado. Alm da cirurgia e internao, os pacientes contam com o Programa de Assistncia Domiciliar e consultas no ambulatrio para a continuidade do tratamento. Todo o atendimento feito por equipe multiprofissional formada por mdicos, equipe de enfermagem, farmacuticos, fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais, psiclogos, entre outros.A maioria das fraturas de fmur em idosos ocorre por acidentes domsticos, com maior freqncia nas mulheres. No envelhecimento, fatores biolgicos e ambientais facilitam a ocorrncia dessas fraturas, sendo a principal causa de acidentes a queda. No Hospital Cristo Redentor, so atendidos mensalmente cerca de 25 casos cirrgicos com o diagnstico.

Linha de Cuidado DST/Aids
A Linha de Cuidado em Doenas Sexualmente Transmissveis DST/Aids prev a integralidade do atendimento a pessoas vivendo com DST/Aids no mbito do GHC. Lanada em 1 dezembro de 2006, Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, essa linha inclui mltiplas reas de assistncia, permitindo que os pacientes no precisem recorrer a outros servios de sade. A Linha de Cuidado DST/Aids pertence ao servio de Infectologia do Hospital Conceio e abrange um complexo de atividades voltadas para a assistncia tais como, ensino e pesquisa, hospital-dia, unidade de pesquisa clnica, tratamento de lipodistrofia ( efeito colateral dos medicamentos retrovirais que atinge a distribuio de gordura no corpo), internao hospitalar e ambulatrio. Este ltimo compreende psiquiatria, casos novos e pacientes que no tenham acompanhamento mdico. Na hora da alta, ele j sai com a reconsulta agendada. Outro servio de ponta no setor o Programa de Transmisso Vertical (a transmisso do vrus HIV da me para o filho). um atendimento integral voltado para gestantes infectadas pelo HIV. Disponibiliza infectologistas, gineco-obstetras e pediatras para atendimento sem agendamento prvio, facilitando a adeso ao tratamento/profilaxia da transmisso vertical do HIV. Cerca de 60 profissionais da rea de sade esto envolvidos com essa Linha de Cuidado no Hospital Conceio, que est com uma capacidade instalada para 1.020 atendimentos por ms.

Linha de Cuidado Sade do Trabalhador
A Linha de Cuidado Sade do Trabalhador a oitava do GHC e tem como objetivo assegurar a integralidade da ateno e adequao da gesto do cuidado aos mais de sete mil trabalhadores do Grupo. formalizada por meio de acordo coletivo da Mesa Permanente de Negociao, que abrange os sindicatos que representam todas as categorias de trabalhadores em atividade no GHC. Com a sua implantao, pretende-se, entre outras aes, ampliar o atendimento em ginecologia, a oferta de exames complementares como mamografias e o atendimento em traumato-ortopedia, bem como garantir o fluxo contnuo para realizao de cirurgias em traumato-ortopedia. As aes previstas so centradas na assistncia e recuperao e na preveno e controle das causas das doenas por meio da interveno nos ambientes e processos de trabalho.O servio de Sade do Trabalhador do Grupo Conceio possui trs unidades: no Hospital Conceio, atendendo a trabalhadores do Conceio, do Criana Conceio e do Servio de Sade Comunitria, no Hospital Cristo Redentor e no Hospital Fmina, para os seus respectivos funcionrios. Nessas unidades, os funcionrios encontram no s atendimento clnico como tambm nas diversas especialidades, garantido nos ambulatrios do GHC. O servio, que prestou cerca de 39 mil consultas em 2007, garante a condio do trabalhador ser cuidado dentro do ambiente de trabalho, evitando que ele precise buscar atendimento fora da instituio.

Linha de Cuidado da Sade Mental
A necessidade de integrao e articulao dos profissionais da Sade Mental fez com que, aps o mapeamento e a dinmica de funcionamento dos diversos servios (CAPS II Adulto , CAPS lcool e Drogas, Unidade de Internao Psiquitrica, Servio de Sade Comunitria, Hospital Fmina, Hospital Conceio e Hospital Cristo Redentor e Equipe de Interconsulta do Municpio), tivesse a proposta da constituio da Linha de Cuidado da Sade Mental. A partir da formao do grupo gestor a ser nomeado pela direo, com representantes de todos os servios, ser elaborado um plano de ao com base em documento norteador, com nfase na formao e capacitao dos profissionais, integrao entre os servios e as linhas existentes e fortalecimento da necessidade de regulao pelo gestor municipal para a regionalizao dos servios de Sade Mental.

Linha de Cuidado do Adolescente
Tem como objetivo a ateno integral sade de adolescentes e de jovens, de 10 a 19 anos, no mbito de uma poltica nacional integrada, visando promoo de sade, preveno de agravos e reduo da morbimortalidade. Para isso, realiza aes no sentido de capacitar a assistncia com o treinamento tcnico, aprimoramento profissional, trabalhando com a especificidade de cada profissional. Envolvido no processo de atendimento de adolescentes em toda a rede pblica de sade nos diferentes nveis de ateno. Visa tambm s aes interdisciplinares entre diferentes instituies de sade e da sociedade para abarcar os diversos nveis de interveno que promovam a melhora e auxiliem na cura ou na manuteno de doenas numa estabilidade, podendo minimizar recadas dos quadros patolgicos ou as sistemticas buscas de ateno mdica. Partindo de uma compreenso do conceito de sade que leva em considerao a pluralidade de realidades que compem a vida do adolescente, o GHC inclui tambm aes que preparam o adolescente para a vida de trabalho desde os programas de estgio e o Jovem Aprendiz.