Grupo Hospitalar Conceição
Projeto

Preveno e enfrentamento do assdio e de discriminao nas relaes de trabalho no Grupo Hospitalar Conceio

Dentre os princpios institucionais do Grupo Hospitalar Conceio (GHC) est a Valorizao do trabalho e do trabalhador, compreendido como a promoo do desenvolvimento profissional dos agentes pblico e da qualidade de vida no trabalho. Nesse sentido, considera-se como imprescindveis aes e dispositivos visando manuteno de um meio ambiente de trabalho saudvel, que permita a evoluo e o crescimento pessoal e profissional dos empregados do GHC.

Considerando o centenrio da Organizao Internacional do Trabalho, bem como a realizao recente da 108 Conferencia Internacional do Trabalho da OIT, em junho de 2019, o GHC est comprometido com as pautas do futuro do trabalho centrado nas pessoas e do Trabalho Decente, para as quais soma-se a Conveno n 190 da OIT sobre a eliminao da violncia e do assdio no mundo do trabalho. Nesse sentido, a instituio reconhece o direito de toda pessoa trabalhar livre do assdio no trabalho, que o assdio constitui ameaa a igualdade de oportunidades e que atinge negativamente a organizao do trabalho e as relaes laborais.

Compreende-se que essas atitudes, que visam desqualificar os trabalhadores no exerccio de suas funes no ambiente de trabalho, so violentas, antiticas e atingem diretamente a dignidade e identidade da pessoa humana, decorrendo em alterao de valores, riscos para a sade mental e fsica, para o emprego e para a prpria vida do(a) trabalhador(a) (BRASIL, 2009). Portanto, as situaes de assdio, requerem polticas e aes em cada organizao de trabalho, em consonncia s polticas nacionais, visando a sensibilizar os atores sobre a temtica, a prevenir e a enfrentar essas prticas.

Assim, o GHC afirma padres de comportamento tico, em conformidade ao seu Cdigo de tica e Conduta, e, buscando alcanar relaes profissionais saudveis, em ambientes respeitosos e ticos, institui Campanha de Preveno e Enfrentamento do Assdio e da Discriminao nas Relaes de Trabalho no Grupo Hospitalar Conceio.

A Campanha tem por propsito construir uma cultura organizacional de respeito mtuo, buscando instruir o corpo funcional sobre a temtica, incentivar que qualquer situao irregular seja encaminhada para verificao e enfrentamento, com a busca de solues pacificadoras, visando conciliar conflitos e evitar seu agravamento.

Para tanto, a campanha pauta-se nos princpios que norteiam a tica, dos quais se destacam:

- Respeito Dignidade Humana e Integridade todas as pessoas envolvidas em procedimentos de apurao de situaes de assdio e/ou discriminao devem ser tratadas com respeito dignidade humana, alcanando a integridade psquica, emocional, moral e fsica, com acolhimento.
- Objetividade os procedimentos devem ser geis, para evitar agravamento da tenso;
- Imunidade no haver, sob qualquer hiptese, represlia de qualquer natureza para denunciantes ou testemunhas.
- Confidencialidade ser possibilitado o anonimato da denncia, e sero envolvidos o menor nmero possvel de pessoas para preservao da intimidade do denunciante.
- Abrangncia as aes decorrentes desta Campanha se aplicam a todos os agentes pblicos que desenvolvem atividades no GHC.

Objetivando prevenir, enfrentar e intervir em condutas de assdio moral, assdio sexual e discriminao no ambiente de trabalho, foram estabelecidos eixos de atuao, disponveis nos ttulos abaixo, clique para saber mais:

PREVENO

ENFRENTAMENTO

FORMAO

Reconhece-se que a caminhada a ser trilhada para a mudana nas relaes humanas e institucionais relacionadas cultura tica uma construo conjunta, necessitando da participao de todos para um GHC seguro, tico e confivel


REFERNCIAS
BRASIL. Ministrio do Trabalho e Emprego. Assdio moral e sexual no trabalho Braslia: MTE, ASCOM, 2009.

Ministrio Pblico do Trabalho do Rio Grande do Sul http://www.prt4.mpt.mp.br

Ministrio Pblico do Trabalho https://mpt.mp.br

Organizao Internacional do Trabalho Brasil https://www.ilo.org/brasilia