Grupo Hospitalar Conceição
04.05.2016 SEGURANA E SADE

GHC e Cruz Vermelha Internacional apresentam Prefeitura projeto Acesso Mais Seguro para unidades de sade

Projeto de segurana est em anlise para implementao no municpio
GHC participou da reunio que debateu o projeto Acesso Mais Seguro nas unidades de sade
Diretora Sandra Fagundes salientou o trabalho em parceria para garantir mais segurana na Sade
Reunio sobre segurana na sade contou com representantes da Prefeitura, GHC e Cruz Vermelha Internacional

A diretora superintendente do Grupo Hospitalar Conceio (GHC), Sandra Fagundes, participou da reunio na Prefeitura de Porto Alegre, realizada na tarde desta tera-feira (03), com o vice-prefeito, Sebastio Melo, secretrios municipais e representantes da Comit Internacional da Cruz Vermelha (CICV). O objetivo foi a apresentao do projeto Acesso Mais Seguro, que desenvolvido pelo CICV em unidades de sade e escolas localizadas em reas com alto ndice de violncia no Rio de Janeiro e em outras capitais.

O trabalho em parceria com os entes federados importante para garantir mais segurana nos estabelecimentos de sade do municpio. No GHC desenvolvemos aes prprias para possibilitar o acesso seguro nos hospitais e unidades de sade, atravs medidas de segurana e capacitaes aos trabalhadores, atuando de maneira integrada com a rede de sade, salientou Sandra Fagundes.

O projeto, implementado desde 2009 com foco nos profissionais em territrios vulnerveis do Rio de Janeiro, apresentou excelentes resultados, segundo informou a chefe do escritrio do Comit Internacional da Cruz Vermelha, Ana Cristina Monteiro. A partir da adoo de um protocolo de segurana em escolas e unidades de sade, obtivemos a diminuio do absentesmo de profissionais, por eles adquirirem maior confiana para atuar em seu ambiente de trabalho, bem como a reduo de casos de danos ao patrimnio, avaliou.

Conforme analisou Ricardo Laino, responsvel do CICV pelo Programa Acesso Sade, as unidades de sade conseguem ofertar os servios por mais tempo nestas reas vulnerveis violncia. Quando abordamos essa temtica observamos um certo alvio dos profissionais, pelo reconhecimento e estabelecimento de critrios importantes de segurana no trabalho e por esse assunto fazer parte da agenda da cidade, destacou.

O vice-prefeito Sebastio Melo frisou a relevncia do projeto, que est em anlise para implementao por parte da Prefeitura de Porto Alegre na rede de sade e educao, e agradeceu a iniciativa da diretora superintendente do GHC, Sandra Fagundes, que convidou os representantes da Cruz Vermelha. Melo tambm destacou a criao do Frum para debater alternativas de segurana na sade, reunindo hospitais da cidade, rgos de segurana e secretarias municipais.

Acesso Mais Seguro
O programa Acesso Mais Seguro (AMS) busca reduzir e prevenir o impacto da violncia sobre profissionais de sade que atuam na Ateno Primria e residentes de comunidades vulnerveis a violncia, alm de facilitar o acesso dessa populao aos servios primrios de sade pblica. Os profissionais adotam medidas de autoproteo e protocolos de segurana para casos de emergncia."

Creditos: Lisandro Paim