Grupo Hospitalar Conceição ancora
logo
instagram facebook twitter youtube busca privacidade
menu
03.02.2020 NA PANDEMIA

GHC preparado para possveis casos de coronavrus

Instituio conta com plano de contingncia, sendo a referncia no Estado
files/img.ptg.2.1.01.20775.jpg
Reunio com o colegiado de gesto.
files/img.ptg.2.1.02.20775.jpg
Plano de Contingncia do GHC apresentado a instituies estratgicas.

Temos a melhor equipe e a melhor estrutura para lidar com situaes de risco. E agora no ser diferente, o GHC protagonista e ns vamos enfrentar isso, disse o diretor presidente do Grupo Hospitalar Conceio, Andr Cecchini, ao abrir a reunio de colegiado da ltima sexta-feira, 31 de janeiro, que lotou o Auditrio Jahyr Boeira de Almeida, para tratar do tema Coronavrus. Referncia no Estado para receber casos suspeitos, o GHC criou um plano de contigncia, que prev quatro nveis de resposta estabelecidos conforme a evoluo epidemiolgica e nmero de casos, envolvendo todas as unidades do Grupo. No nvel um, por exemplo, que o atual, onde h casos suspeitos isolados, as aes sero centralizadas no Hospital Conceio. O nvel quatro, o mais crtico, para o caso de pandemia, se houver.

Conforme o diretor tcnico do GHC, Francisco Paz, a ideia no criar pnico, mas devemos estar preparados para todos os nveis. Temos a obrigao tcnica de estarmos prontos para atender, afirmou. Ele tambm informou que sero intensificados os treinamentos das equipes, lembrando que estas devem estar atentas mutabilidade das orientaes repassadas pela Organizao Mundial da Sade e pelo Ministrio da Sade, que atualizam diariamente dados e condutas.

Presentes na reunio, profissionais do Controle de Infeco Hospitalar, mdico Renato Cassol e enfermeira Lahir Chaves Dias, explicaram sobre o novo coronavrus. De acordo com Cassol, este vrus tem baixa letalidade e capacidade mdia de transmisso, e so considerados suspeitos, neste momento, casos de pessoas que vieram da China e que apresentem sintomas respiratrios e febris. J Lahir destacou sobre o uso de EPIs adequados por parte do profissionais de sade, que so avental impermevel de manga longa, culos de proteo e luvas. Tambm foi destacada por ela a precauo padro que a de todo paciente com sintomas respiratrios receber mscara cirrgica, alm da lavagem de mos.

tarde, representantes do Exrcito Brasileiro, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil de Porto Alegre e EPTC foram convidados para conhecer o plano de contingncia do GHC e ver as interfaces possveis com estas instituies para que, no momento oportuno, possam ser acionadas.

Creditos: Andra Araujo.