Grupo Hospitalar Conceição
12.07.2018 ENSINO E PESQUISA

Escola GHC forma alunos do curso Técnico em Registros e Informações em Saúde

Formação capacita profissionais para atuarem em atividades que envolvam documentação, registros e estatísticas de dados em saúde, pelas diretrizes do SUS
Para a coordenadora do curso, Bianca da Silva Alves, a formação desses alunos vai proporcionar uma melhor qualificação na parte administrativa da saúde.
Coordenador de Ensino no GHC, Rodrigo de Oliveira Azevedo parabenizou os formandos.
Bianca com um dos formandos.
Encerramento do curso ocorreu no Auditório do Hospital Cristo Redentor.

A 9ª turma do Curso Técnico em Registros e Informações em Saúde da Escola do Grupo Hospitalar Conceição (GHC) realizou a cerimônia de encerramento das aulas, comemorando a formação dos seus seis alunos. O evento ocorreu na manhã desta quinta-feira, 12 de julho, no Auditório do Hospital Cristo Redentor.

Os alunos começaram suas atividades no primeiro semestre de 2017. Eles serão capazes de atuar com conhecimentos técnicos de excelência nas atividades que envolvam documentação, registros e estatísticas de dados em saúde, pelas diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), contribuindo para a continuidade da atenção integral à saúde.

Na ocasião, estavam presentes a coordenadora do curso, Bianca da Silva Alves, o coordenador de Ensino no GHC, Rodrigo de Oliveira Azevedo, e os professores do curso. Para Bianca da Silva Alves, a formação desses alunos vai proporcionar uma melhor qualificação na parte administrativa da saúde. “Nosso objetivo é formar pessoas para a área administrativa do SUS. Este curso é aberto para o público externo com duração de um ano e meio, qualificando profissionais desde 2010, ao todo já foram mais de 40 alunos formados”, explicou Bianca.

O coordenador de Ensino no GHC, Rodrigo de Oliveira Azevedo, parabenizou os formandos e salientou a importância deste curso para os alunos saírem qualificados para uma boa administração e gestão dentro do SUS. “Informações de saúde são importantes para a formação, não só na área médica, mas também em todas as outras áreas sociais, dando um melhor suporte aos processos dos profissionais”, afirmou.

Os estudantes agora poderão desenvolver ações que permitam exercerem, com eficiência e eficácia, as atividades profissionais de Técnico em Registros e Informações em Saúde, aplicando técnicas de planejamento, organização e gestão de serviços de documentação, registros e informação e estatística de saúde. Bem como desenvolver procedimentos eficientes voltados para a guarda, a catalogação e a manutenção de registros e processamento de dados, colaborando com a produção de informações necessárias à avaliação, ao planejamento e à administração em saúde. Esse profissional poderá desenvolver suas atividades em estabelecimentos públicos ou privados, tais como hospitais, ambulatórios, clínicas de saúde, centros de assistência domiciliar em saúde (home care), casas geriátricas, unidades básicas de saúde, unidades de pronto atendimento e centros de referência em saúde.

Creditos: Guilherme de Faveri.