Grupo Hospitalar Conceição
12.06.2018 GESTÃO DE RISCOS

GHC realiza 2ª Jornada da Semana de Segurança do Paciente

Atividade buscou orientar e conscientizar os funcionários da instituição para evitar a ocorrência de eventos adversos, visando à segurança do paciente
Abertura do evento contou com José Fossari, Adriana Denise Acker, José Ricardo Agliardi Silveira e Vanessa Catalan.
Superintendente do GHC, Adriana Denise Acker mostrou a evolução da instituição no cuidado com o paciente.
Enfermeira Valquíria Inês Pacheco Martins falou sobre Gestão de Riscos e Segurança do Paciente.
Evento reuniu cerca de 80 pessoas no Auditório Jahyr Boeira de Almeida.

A 2ª Jornada da Semana de Segurança do Paciente, realizado pela Gestão de Risco Assistencial do Hospital Conceição (HNSC), iniciou nesta segunda-feira, dia 11 de junho. Com o objetivo de qualificar a assistência, disseminar a cultura de segurança na instituição e falar sobre segurança do paciente aos funcionários, a atividade buscou orientar e conscientizar os profissionais, para evitar a ocorrência de eventos adversos, visando à segurança do paciente. O evento reuniu cerca de 80 pessoas no Auditório Jahyr Boeira de Almeida, no Centro Administrativo do Grupo Hospitalar Conceição (GHC).

Na mesa de abertura, estavam presentes a diretora-superintendente do GHC, Adriana Denise Acker, o diretor administrativo e financeiro da instituição, José Ricardo Agliardi Silveira, o gerente de Unidades de Internação do HNSC, José Accioly Jobim Fossari, e a enfermeira da Gestão de Riscos do GHC, Vanessa Menezes Catalan. A diretora-superintendente Adriana Denise Acker comentou sobre a história que o GHC possui em relação ao cuidado com o paciente. “A segurança do usuário começou em 2003 com a Rede Sentinela, depois ações foram ampliadas para mais melhorias na Gestão de Risco em 2009. Em 2013, foi instituído o Programa Nacional de Segurança do Paciente. Hoje, temos protocolos implantados na instituição para a melhoria da segurança do usuário, são eles: identificação do paciente, segurança na prescrição, cirurgia segura, práticas de higienização, prevenção de queda e prevenção de lesões. O objetivo deste evento é sensibilizar os profissionais, mostrando ações e práticas de segurança, para melhorar assim a qualidade no atendimento ao paciente”, destacou Adriana.

O gerente de Unidades de Internação do Hospital Conceição, José Accioly Jobim Fossari, ressaltou a importância de debater sobre esse tema na instituição, que, nos últimos anos, melhorou muito a qualidade de atendimento aos usuários. “A segurança do paciente é um direito dele, cerca de 50% a 60% dos eventos adversos que ocorrem nos ambientes hospitalares causam lesões graves para o paciente. É preciso ter uma boa organização para prevenir essas situações, e o GHC está no caminho certo”. Por fim, Fossari parabenizou a comissão organizadora do evento e saudou todos presentes.

A enfermeira da Gestão de Riscos do Grupo Conceição, Vanessa Menezes Catalan, comentou sobre o conhecimento que as atividades vão proporcionar para os profissionais, e principalmente, para os usuários do GHC. “Esse evento é muito importante para todos nós. Ele reflete todo um trabalho realizado pela equipe de Gestão de Riscos, juntamente com as equipes assistenciais da instituição, durante todo o ano”, destacou Vanessa. “Devemos trabalhar mais a questão da empatia para os profissionais e nos colocarmos no lugar do paciente, para questionar como o usuário gostaria de ser tratado no ambiente hospitalar”, apontou.

O primeiro dia da jornada contou com uma apresentação da diretora-superintendente do GHC, Adriana Denise Acker, mostrando a evolução da instituição no cuidado com o paciente. “Todos somos responsáveis pelos resultados alcançados, desde os profissionais da ponta até a alta gestão. Se o processo foi mal descrito, será mal executado. A qualidade e a segurança andam juntas. Queremos, enquanto gestores e profissionais, o cuidado mais seguro e com a melhor qualidade”, destacou Adriana. “Os erros e eventos adversos impactam não só em danos aos pacientes, como também em custos para as instituições, como mostram os estudos. Todos têm responsabilidade pela segurança do paciente e é fundamental que a alta gestão esteja engajada nesse processo”, afirmou a diretora-superintendente.

As demais palestras que foram realizadas ao longo do dia, trataram de assuntos como “Gestão de Riscos e Segurança do Paciente”, com Valquíria Inês Pacheco Martins; “Projeto Colaborativo - Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil”, com André Braun; “Sepse”, com Márcio Spagnol e, por fim, “Envolvimento e Família na Segurança do Paciente”, com a palestrante, Camila Sardenberg.

Estão programados mais dois dias de evento. As atividades ocorrerão nos dias 13 e 15 de junho. Para mais informações sobre a programação acessar o link abaixo.

https://www.ghc.com.br/noticia.aberta.asp?idRegistro=13164

Creditos: Guilherme de Faveri.