Grupo Hospitalar Conceição
05.12.2017 ALEGRIA DAS CRIANÇAS

Internação da Oncologia do HCC recebe jogador tri campeão da América pelo Grêmio

O meio campista Ramiro visitou o Hospital Criança Conceição com o objetivo de entregar uma camisa do clube ao paciente Eli Eduardo, de 13 anos
Jogador Ramiro com Eli Eduardo.
Atleta entrega a camiseta do Grêmio para o menino, fazendo a alegria também do pai.

Por meio do Instituto Desejo Azul, o jogador do Grêmio Ramiro Benetti visitou a internação da Oncologia do Hospital Criança Conceição na tarde desta terça-feira, 5 de dezembro. O objetivo dessa visita, que alegrou os presentes, foi entregar uma camisa do Grêmio para o paciente Eli Eduardo Borba de 13 anos.

O jogador Ramiro, que recentemente foi tri campeão da América com o Grêmio, mostrou satisfação em poder fazer parte deste momento de solidariedade. "Acho que esse é o maior título do ser humano, recentemente tivemos uma grande conquista, mas esse tipo de atitude enche o nosso coração de alegria". Ele também destacou o trabalho do Instituto Desejo Azul e que gosta de estar sempre em contato com os pequenos torcedores. "Eu gosto muito de fazer esse tipo de ação, já tive a oportunidade de estar com o instituto visitando outras crianças, ver a alegria deles e das famílias é espetacular", contou.

Pai da criança presenteada, o motorista de ônibus Eliandro Borba estava visivelmente emocionado por enxergar a ação como algo estimulante para todos que estavam ali recebendo a visita do atleta. "É emocionante e estimulante, todos que aqui estão recebem um gás a mais para seguir nesta rotina". Eliandro destacou que o atleta não é somente um campeão dentro de campo, mas também na vida. "O time acabou de ser tri campeão, e o Ramiro também é um campeão da vida", destacou.

O Instituto Desejo Azul surgiu da vontade de ajudar crianças e de redirecionar a paixão pelo Grêmio a uma ação solidária. A inspiração foi a ONG norte-americana Make-A-Wish. O passo seguinte foi adaptar a ideia, transformando a paixão dos gremistas em esperança.

Creditos: Guilherme Bernst