Grupo Hospitalar Conceição
14.11.2017 OPINIÃO A UM CLIQUE

Ouvidoria do GHC lança nova pesquisa de satisfação

Usuário receberá no telefone celular o formulário para avaliação de sua experiência após internação nas unidades do Grupo Hospitalar Conceição
Panfleto distribuído aos pacientes.
Banner da campanha.
Cartaz da campanha.
Informação da caixa coletora.

Procurando ouvir os pacientes e qualificar o atendimento prestado, o Grupo Hospitalar Conceição lança, em dezembro, uma nova Pesquisa de Satisfação institucional. O projeto, liderado pela Ouvidoria, inova ao se comunicar com os usuários por meio do serviço de torpedo, onde após a alta hospitalar o paciente recebe em seu celular uma mensagem de texto que lhe direcionará para o formulário da pesquisa.

A pesquisa de satisfação anterior foi revista por recomendação da Auditoria Interna do GHC, sendo o novo modelo criado a partir de um Grupo de Trabalho instituído pela Diretoria. Várias áreas atuaram em sinergia para que este lançamento pudesse se tornar uma realidade. “É uma importante oportunidade para os pacientes e familiares avaliarem os serviços oferecidos pelo GHC”, comentou o coordenador da Ouvidoria do GHC, Gabriel Camillo.

Antes do lançamento oficial da pesquisa, foram produzidos panfletos para serem distribuídos aos pacientes no momento da alta, cartazes e banners institucionais, que foram afixados pelos hospitais para reforçar a importância da adesão dos usuários. Para que a novidade dê certo, também é fundamental o envolvimento dos funcionários, entendendo que a pesquisa é um importante instrumento de qualificação de serviço, evidenciando o que está bom e o que pode melhorar.

O Hospital Criança Conceição não participa do novo modelo por ter alta adesão no sistema atual de pesquisa. Sendo assim os funcionários distribuirão os novos formulários no momento da alta do paciente. O projeto piloto já iniciou no Hospital Cristo Redentor no mês de novembro e, caso o cidadão prefira se manifestar pessoalmente, também é possível fazê-lo nas centrais de leitos dos hospitais.