Grupo Hospitalar Conceição
28.04.2016 GHC MAIS SEGURO

Medidas de segurança implementadas no Hospital Cristo Redentor

Diante de um cenário de aumento nos índices de criminalidade e violência no Rio Grande do Sul, principalmente em Porto Alegre, a diretoria do Grupo Hospitalar Conceição (GHC) tem priorizado a implementação de medidas que promovam um ambiente de trabalho mais seguro em suas unidades de saúde, por meio da implantação de protocolos, revisão de rotinas e capacitação das suas equipes.

No Hospital Cristo Redentor, em especial, medidas e ações foram implantadas pelas gerências, com a aplicação de um Plano de Segurança, atualizado de forma conjunta com representantes de entidades.

Confira as medidas já desenvolvidas no hospital na área de segurança

- Instalação de portas de acesso interno, com liberação somente com crachá, por meio de codins de acesso (aparelhos que bloqueiam a entrada);

- Abertura de uma entrada exclusiva para funcionários, com acesso liberado por intermédio do crachá;

- Realocação do efetivo da segurança nas entradas e em áreas de maior risco;

- Reposicionamento das câmeras de vigilância;

- Identificação e cadastro de visitantes, fornecedores e pacientes, mediante apresentação de documento individual;

- Revisão e adequação dos horários de visitas em todos os andares;

- Solicitação de Policiamento Militar em horário de visitas e patrulhamento no entorno do hospital;

- Consultoria especializada em Segurança com o Coronel Antônio Blanco, da Polícia Militar do Rio de Janeiro;

- Criação de um Grupo Permanente de Trabalho sobre segurança, constituído pela gestão, representantes sindicais e associação dos servidores;

- Acompanhamento dos trabalhadores pela equipe da Saúde do Trabalhador, com psicólogas, assistentes sociais e terapeutas ocupacionais;

- Reuniões com os representantes das secretarias de Segurança Pública, Justiça, Direitos Humanos e Programa Protege para a definição de Protocolos de Segurança;

- Revisão do Protocolo de Segurança, para pacientes vítimas de ferimento por arma de fogo ou branca;

- Realização de Rodas de Conversa com especialistas da Cruz Vermelha, Prefeitura do Rio de Janeiro e representante da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RS, envolvendo trabalhadores e comunidade, sobre o tema Acesso Mais Seguro.

Algumas ações também estão em andamento

- Aquisição de catracas para acesso de visitantes por meio de crachá;

- Contratação de vigias para reforço na segurança;

- Mudança de local do SAME (Arquivo Médico) do HCR, para junto da Central de Leitos, evitando a circulação de pessoas que precisam retirar documentação.

A diretoria GHC, solidária com os trabalhadores, acompanha o trabalho das equipes, prestando seu apoio e acolhendo sugestões para garantir um ambiente de trabalho cada vez mais seguro para todos.

Confira as fotos das medidas já implementadas na página do GHC no Facebook. Clique abaixo.

»  Clique aqui para visitar o site.