Participação Cidadã

Vídeo Jovem Aprendiz GHC

Vídeo Institucional do Programa Jovem Aprendiz do Grupo Hospitalar Conceição em Parceria com a Escola Técnica Mesquita e o Centro Social Maristas
http://www.youtube.com/watch?v=W7DClCf-QQU

O problema do desemprego entre jovens se caracteriza por um ciclo vicioso, no qual aqueles com mais necessidades são os que tem menos qualificação e menos oportunidades de trabalho. Sendo assim, a promoção do trabalho decente para os jovens constitui um elemento decisivo para a diminuição da exclusão social, da erradicação da pobreza e para atingir o desenvolvimento sustentável. Para facilitar o ingresso do jovem no mundo do trabalho, foi promulgada a Lei Federal 10.097/00, conhecida como a Lei da Aprendizagem. Ela alterou a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e deu nova regulamentação à aprendizagem profissional direcionada aos adolescentes e jovens. Em 2005 o Governo Federal, através do Decreto 5598, firmou ainda mais estes compromissos com a juventude brasileira, inclusive atribuindo também resposabilidades para o setor público em relação ao programa Jovem Aprendiz. Em 2006, o Grupo Hospitalar Conceição e a Escola Técnica Mesquita e o Centro Social Maristas passam a executar este programa, através de parceria institucional.

Autor: C.R.Participação Cidadã


Programa Jovem Aprendiz

A aprendizagem no Brasil, historicamente regulada pela Consolidação da Leis do Trabalho, no capítulo refente ao menor, passou por um processo de modernização com a promulgação da Leis nº10.097/00 e 11.180/05 e o Decreto nº 5.598/05 que estabelece os parãmetros necessários ao fiel cumprimento da legislação e, assim regulamentar a contratação de aprendizes.


Contratação de jovens aprendizes em 2009 já é maior do que em 2008

As políticas púbicas do governo, através do Ministério do Trabalho e Emprego, para o cumprimento da Lei da Aprendizagem Profissional têm apresentado resultados positivos: o número de jovens aprendizes contratados desde janeiro deste ano foi de 151.604, superando os 130.789 contratados em 2008. As inserções mediante ação fiscal em 2009 já beneficiaram 36.437 jovens, ante 29.965 alcançados em 2008.

As políticas púbicas do governo, através do Ministério do Trabalho e Emprego, para o cumprimento da Lei da Aprendizagem Profissional têm apresentado resultados positivos: o número de jovens aprendizes contratados desde janeiro deste ano foi de 151.604, superando os 130.789 contratados em 2008. As inserções mediante ação fiscal em 2009 já beneficiaram 36.437 jovens, ante 29.965 alcançados em 2008.

O crescimento reflete as ações que o MTE vem promovendo em todo o Brasil, para que se atinja a meta de inserir 800 mil aprendizes no mercado de trabalho até 2010, lançada ano passado pelo presidente Lula e pelo ministro do Trabalho, Carlos Lupi.

Para o secretário-executivo do MTE, André Figueiredo, o bom trabalho desempenhado pelo MTE e a conscientização dos empresários vão garantir o cumprimento da meta. "Sabemos que estamos lançando uma meta ousada, mas se todas as empresas cumprirem o estabelecido pela Lei a alcançaremos com sucesso. Neste momento inicial almejamos inserir 800 mil jovens no mercado de trabalho, mas o Brasil tem potencial para absorver a mão-de-obra de um milhão de jovens aprendizes".

Com 48.113 jovens aprendizes contratados, São Paulo lidera o ranking da aprendizagem profissional. Logo em seguida aparecem Minas Gerais (14.539) e Rio Grande do Sul (11.869). Embora destaques, os estados não alcançam seus potenciais. São Paulo tem capacidade para contratar 326.952 jovens, enquanto Minas Gerais e Rio Grande do Sul poderiam inserir 95.408 e 70.619 aprendizes, respectivamente.


Fóruns da Aprendizagem

Como forma de sensibilizar o empresariado para a importância da Lei da Aprendizagem, o Ministério do Trabalho e Emprego lançou em julho deste ano a série de Fóruns Estaduais da Aprendizagem Profissional. Resultado do Fórum Nacional realizado em novembro último, em Brasília, os debates nos estados têm por objetivo levar o debate sobre o tema para a esfera estadual.

"Os fóruns estaduais possuem um sentido plural; não há uma visão individualizada de Governo Federal, Governo Estadual ou Governo Municipal: aqui nós queremos somar todas essas esferas para dar cidadania a quem precisa. E isso acontecerá quando inserirmos esses jovens aprendizes na iniciativa privada para que aprendam uma profissão. A instituição desses fóruns é para informar e conscientizar o empresariado, para, depois, fiscalizar o cumprimento da Lei com muita rigidez", explicou o ministro Carlos Lupi.

Este ano já foram realizados fóruns estaduais no Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. E muito mais do que uma oportunidade de emprego, o cumprimento da Lei da Aprendizagem leva dignidade aos jovens brasileiros. "Antes de ser qualificado pelo programa de aprendizagem eu não tinha tanto compromisso com as coisas. O mais importante para mim foi ter esse primeiro contato com as empresas e desenvolver valores profissionais, como respeito, responsabilidade e integridade", contou o Jovem Aprendiz Wylliam Hossein, de 16 anos, durante o lançamento do Fórum do Rio Grande do Sul.





Autor: Estella Maris da Silveira Dutra
Fonte: ww.mte.gov.br


Jovens Aprendizes Visitam Serviço de Nutrição e Dietética do GHC

Jovens visitam Serviço de Nutrição e Dietética

A turma do curso de Hotelaria e Hospitalidade do programa Jovem Aprendiz- 28 alunas- visitaram as instalações dos refeitórios, das copas e da produção de dietas para pacientes nos Serviços de Nutrição e dietética do grupo Hospitalar Conceição.

A turma de Hotelaria do Programa Jovem Aprendiz, visitou a produção, o refeitório e as copas dos Serviços de Nutrição e Dietética dos Hospitais Cristo Redentor,Hospital Nossa Senhora da Conceição, Hospital Criança Conceição e Hospital Fêmina.
A visita nos HCR,HNSC e HCC foram feitas em duas etapas, nos dias 08 e 15 de Setembro no horário das 14 as 17:00 horas, elas vestiram avental de área fechada e toucas para poderem ingressarem nos setores.
A visita ao HF foi feita dia 24 de Setembro com toda a turma que saíram da Escola Mesquita em ônibus fretado pela escola, que as levou as trouxeram de volta, com a companhia da Professora Nutricionista Vera Barone e a Assistente de Coordenação do C.R.Participação Cidadã -Estella Maris.

A turma foi dividida em grupos que visitaram a copa do 6º andar no HF, o Lactário , o Banco de Leite Humano, e as instalações da produção de alimentos para os funcionários e dos pacientes. A visita foi bastante produtiva em termos de conhecimento técnico, as meninas sentiram e expressaram que foram muito bem recebidas pelas profissionais GHC.


Autor: C.R.Participação Cidadã

I Conferência de Segurança Pública - Etapa Conferência Livre da Juventude

A etapa da Conferência Livre da Juventude foi realizada com a participação dos Jovens Aprendizes da Escola Técnica Mesquita e o Centro Social Maristas eos Pontos de Cultura do Grupo Hospitalar Conceição.

A Conferência Livre Juventude e Segurança foi construída a partir de reuniões todas às quartas-feiras, no mês de junho, no horário das 10:00 às 12:00 horas, na Escola Mesquita, com representantes dos organizadores da Conferência Livre. A dinâmica escolhida foi a realização de pré-conferências livres nas regiões e instituições participantes como a parte correspondente aos trabalhos em grupos, basicamente ao redor dos eixos 01 e 05. Foi nestas pré-conferências que se construíram princípios e diretrizes. A plenária final aconteceu em 16 de julho, no Auditório da Escola Mesquita, no horário das 13:30 às 17:30 horas, onde foram apresentados os trabalhos feitos nas instituições e regiões, feito um debate sobre a juventude e o mundo do trabalho, com a participação de um assessor do DIEESE, seguido de uma interação com grupos de Hip Hop. Os princípios e diretrizes definidos e votados nas pré-conferências foram expostos em painéis para os jovens votarem através de adesivos, cujo resultado vai abaixo. Foi muito ressaltada a necessidade de dar continuidade a esse trabalho com os jovens na região, impulsionando a sua auto-organização por local de moradia, nas escolas, etc. Também foi aprovado a seguinte Moção:Os participantes da Conferência Livre da Segurança Pública e Juventude, realizada em 16 de julho de 2009, na Escola Mesquita, Porto Alegre, tendo em vista o movimento existente no Congresso Nacional, vêm repudiar de forma veemente a alteração da Constituição Federal, no sentido de reduzir a idade penal para 16 anos, por entender que reduzi-la não significaria, jamais, contribuir para reduzir a criminalidade da juventude. Mais educação, mais cultura, mais lazer, mais saúde e uma moradia digna é o caminho correto para alcançar, com êxito, este objetivo.
organizações que coordenaram a Etapa:
Grupo Hospitalar Conceição - GHC, Escola Técnica Mesquita, Centro Social Maristas - CESMAR, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC, Movimento Kizomba, Movimento Nacional de Luta pela Moradia, Redes de Pontos de Cultura (Quilombo do Sopapo, Vila na Trilha, Teia Viva: Arte, Cultura e Saúde e Falando a Gente se Entende), Fóruns Regionais de Justiça e Segurança das regiões Noroeste e Eixo Baltazar de Porto Alegre e o Conselho Tutelar da Micro-região 10 de Porto Alegre


Autor: C.R.Participação Cidadã


Jovens Aprendizes do GHC no FSM10/ Acampamento Intercontinental da Juventude

Logo Acampamento Intercontinental da Juventude FSM10

Jovens Aprendizes participaram de atividades no Espaço de Cultura e Saúde Mercedes Sosa foi o centro articulador das ações, atividades e proposições de saúde promovidas no FSM 2010 de Novo Hamburgo. Um local de encontro e referência dos Movimentos e Práticas de Educação Popular em Saúde, que se propõe a ser desenvolvido na Sociedade GAÚCHA de Lomba Grande, sede do Acampamento Intercontinental da Juventude, de 23 a 29 de janeiro de 2010.

O Espaço de Cultura e Saúde Mercedes Sosa no Acampamento Intercontinental da Juventude será um local de práticas e debates no Seminario Latino Americano Saúde Participação Social, “a Educação Popular na Construção de Políticas Publicas”, e de sistematização e de trocas de experiências. Podendo se desdobrar em alguns pequenos espaços em locais de promoção de saúde, que serão geridos pelos Grupo Hospitalar Conceição e a rede de Movimentos Sociais, em parceria com Secretaria Municipal de Saúde de Novo Hamburgo e Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (SEGEP) Ministério da Saúde.
A relação saúde-educação-cultura-meio ambiente é condição intrínseca da sustentabilidade da vida comunitária, e no caso das comunidades rurais ela se articula diretamente com a territorialidade no sentido do domínio coletivo sobre as condições de vida para a produção e reprodução de ambientes saudáveis.


Autor: Estella Maris da Silveira Dutra
Fonte: FSM10.org


Programa Jovem Aprendiz - GHC - Inscrições Abertas

A aprendizagem é um instituto que cria oportunidades tanto para o aprendiz quanto para as empresas, pois prepara o jovem para desempenhar atividades profissionais e ter capacidade de discernimento para lidar com diferentes situações no mundo do trabalho e, ao mesmo tempo, permite às empresas formarem mão de obra qualificada, cada vez mais necessária em um cenário econômico em permanente evolução tecnológica.

Conforme a Lei 10.097/00 e Decreto 5.598/2005, que regulamenta a contratação de aprendizes, a Escola Mesquita em parceria com o GHC abre inscrições para Cursos de Qualificação Profissional nas seguintes áreas: Assistente Administrativo (30 jovens); Auxiliar de Nutrição e Dietética (30 jovens); Auxiliar de Manutenção (40 jovens, divididos em 02 turmas de 20). O Programa Jovem Aprendiz, configura-se como uma importante iniciativa de desenvolvimento de política pública direcionada às juventudes, relacionando o tema da educação, trabalho, renda e inclusão social.
Terão prioridade para contratação os jovens encaminhados pela rede de serviços do Grupo Hospitalar Conceição, onde serão observados critérios de vulnerabilidades sociais para seleção, como, renda familiar e jovens vítimas de violências. Também serão observados os fatores étnico, priorizando os afro descendentes, às questões de gênero, jovens mães e pais, jovens com defasagem de escolaridade idade/série. A etapa de seleção dos jovens será feita em parceria com o GHC.
Pré requisitos: jovens entre 18 e 23 anos e 07 meses; estar estudando, com exceção daqueles que já concluíram o Ensino Médio; que não tenham tido registro de trabalho formal; DOCUMENTAÇÂO: Carteira de Trabalho Profissional, RG,CPF,Comprovante de Endereço. LOCAL para INSCRIÇÂO: Escola Mesquita, Av do Forte,77 procurar por Wagner, Claudete, Luizinho ou Diego, DIA: 21/05/2010 a aprtir das 09:00 horas.

Autor: C.R.Participação Cidadã


login