Grupo Hospitalar Conceição
15.03.2017 INTERCÂMBIO NACIONAL E INTERNACIONAL

GHC estuda criar convênio com universidades no país e na Europa

O acordo com a Universidade de Fortaleza promoverá colaboração em linhas de pesquisa científica. Parcerias com Institutos da Espanha e de Portugal estão em andamento
Silva, Barros, Sparta, Adriana e Luciana.
Na reunião, foi tratado sobre convênio entre GHC e Unifor.
Colaboração prevê estudos na área da saúde.

Em reunião na última teça-feira, dia 13 de março, entre a diretora-superintendente, o diretor administrativo e financeiro e o diretor técnico do Grupo Hospitalar Conceição (GHC), Adriana Denise Acker, Ibanez Filter e Mauro Sparta, respectivamente, com o chefe do Serviço de Dor e Cuidados Paliativos do Hospital Conceição, Newton Barros, a médica Luciana Campos, o gerente de Ensino e Pesquisa do GHC, Geraldo Pereira Jotz, e o professor da Universidade de Fortaleza (Unifor) Geraldo Pereira da Silva, foi tratada a criação de parceria entre a Unifor e o GHC. As duas instituições almejam promover projetos científicos em conjunto e compartilhar linhas de pesquisa.

Com o acerto, o Serviço de Dor e Cuidados Paliativos, a Gerência de Ensino e Pesquisa (GEP/GHC) e a Unifor colaborarão mutuamente para o desenvolvimento de estudos na área da saúde. Além disso, serão ofertadas vagas de estágio no GHC aos estudantes dos cursos na área da saúde da Universidade. Profissionais do Serviço de Dor e Cuidados Paliativos do GHC, que completa 31 anos no mês que vem, irão contribuir com a implementação do primeiro curso de especialização em dor e cuidados paliativos da Unifor, que terá aula inaugural em 28 de abril, com Newton Barros.

Para Barros, “abrir fronteiras e firmar relacionamentos é fundamental para adquirir conhecimento e compartilhar a experiência do GHC”. Ele também explica que o desenvolvimento da pesquisa científica na área da saúde necessita de cooperação entre hospitais e instituições de ensino e que o convênio abre portas para futuras parcerias que resultem no desenvolvimento dos processos de aprendizagem e pesquisa que promovam excelência ao atendimento no SUS.

Outros contatos estão em andamento para ampliar as parcerias com instituições de ensino, como o que ocorre com a Universidade da Paraíba, para convênio similar ao da Unifor, com a Universidade do Porto, de Portugal, que já tem reunião com a diretoria do GHC marcada para maio, e com o Instituto Catalão de Oncologia, de Barcelona, Espanha, que é um Centro Colaborador da Organização Mundial da Saúde. O objetivo do contato com o instituto de Barcelona é promover cursos e projetos de manejo de doenças crônicas avançadas no GHC com os professores catalães.

Creditos: Diogo Zanella.